22 setembro, 2010

Hope, please!



O tic-tac intermitente do relógio, invade o meu corpo a cada segundo que demora a passar. Espero por ti, um ser desconhecido, que prometa amar-me, que prometa ficar comigo para sempre, e que prometa acima de tudo, não me desiludir.
O relógio e o seu barulhinho característico que há já muito se tornaram num som de fundo, teimam em relembrar-me de que a solidão está presente em cada canto desta vida, trancada de maneira a impossibilitar-me a saída.
À noite, quando o silêncio se torna insuportável a solidão aproveita para me atacar. Cruel, muito cruel e injusto. Não consigo impedir que a solidão me enfraqueça ainda mais, e sou obrigada a ceder … noites de sono perdidas porque sou uma fraca, pois não consigo afastar as más recordações que a cada tic-tac do relógio, me devoram até que o sono chegue, o que ainda é pior, pois a minha noite não é tranquila, de todo. Pensamentos reais, transformados em pesadelos, tão verídicos quanto na realidade, iniciam uma guerra que só acaba ao nascer do dia, quando me for permitido abrir os olhos, para quando os voltar a fechar, a batalha recomeçar … e isto sucessivamente.
Escreveria para expulsar tudo o que sinto, mas não bastariam centenas de páginas para eu conseguir definir ao pormenor tudo o que me vai na alma. Sou um ser contente, e descontente. Feliz, e infeliz. Sou um ser contraditório, dependente da vontade de sobrevivência.

27 comentários:

  1. Excelente texto. Também eu ando com medo de relógios e com raiva do tempo...
    Nós nunca estamos realmente sozinhos, temos de acreditar nisso. Há sempre alguém que gosta de nós e olha por nós e quando menos esperamos, recebemos uma prova disso mesmo.

    ResponderEliminar
  2. Um dia encontraras, um ser desconhecido, que prometa amar-te, que prometa ficar contigo para sempre, e que prometa acima de tudo, não te desiludir.

    Quem sabe se esse amor já não está ao virar da esquina a tua espera.

    Boa Sorte

    ResponderEliminar
  3. Adorei, acho que todos já tiveram este momento.
    Então como disse o amigo ai, Marco...

    "Quem sabe se esse amor já não está ao virar da esquina a tua espera."

    Olha, que passei por isso... e quando menos esperei um amor bateu em minha porta sem pedir licença alguma. É estranho, mas é assim que algumas vezes, ou todas, acontece. Basta você não ter medo depois de se entregar, viver sem repreensão este Amor. Eu me arrisquei, fui de alma e me entreguei completamente, se não durasse pelo menos por algumas horas que fossem eu teria experimentado o a paixão, o amor... a vida.

    Kisses ;)

    ResponderEliminar
  4. Uma coisa que aprendi na vida é que realmente a Esperança é a ultima a morrer, agora nunca faças nem acredites em promessas pois são fácilmente levadas com o vento!

    BELIEVE ALWAYS IN LOVE!

    ResponderEliminar
  5. Desilusões, por vezes é isso, confiarmos imenso numa pessoa e depois nos desilude .. Hás-de encontrar alguém :)
    Força *

    ResponderEliminar
  6. Estaa lindo, como sempre. (:

    O tempo, por vezes não ajuda. Não mesmo :x

    ResponderEliminar
  7. Tens toda a razão... Esses sim são os verdadeiros amigos. E as provas mais verdadeiras que demonstram isso mesmo, não são as vezes em que dizem o quanto gostam de nós, mas sim as vezes em que o mostram através de actos.

    ResponderEliminar
  8. já tinha saudades de aqui vir ler os teus post's , acredita que amei :$
    todos nós um dia nos sentimos assim :/

    ResponderEliminar
  9. Você não é fraca, só não tem o poder de controlar os próprios sentimentos, assim como todas as outras pessoas do mundo.

    ResponderEliminar
  10. oh também não precisas exagerar minha linda :$

    ResponderEliminar
  11. esperança acima de tudo, sempre! <3

    ResponderEliminar
  12. Coisa linda esse blog e o texto maravilhoso.

    ResponderEliminar
  13. oh meu amor +.+ como fico feliz por sabe isso (:

    sabes, eu adorei este texto +.+ está mágnifico * <3

    ResponderEliminar
  14. claro que está amor. aii :x tu escreves lindo e eu gosto (: <3

    ResponderEliminar
  15. É só quando menos esperamos que alguém aparece e nos melhora os dias. Lá no fundo, temos sempre alguém que olha por nós, todos os dias*
    Post lindo*

    ResponderEliminar
  16. O meu reino da noite gostaria de te oferecer um selinho para o teu blog fantástico! :)

    Podes copiar o selo e ver as regras AQUI.

    Beijinhos e tudo de bom *

    ResponderEliminar
  17. O meu reino da noite gostaria de te oferecer um selinho para o teu blog fantástico! :)

    Podes copiar o selo e ver as regras AQUI.

    Beijinhos e tudo de bom *

    ResponderEliminar
  18. Já falei como amei esse blog? então.

    E obriga, visite-me mais vezes.

    ResponderEliminar
  19. Gostei muito deste texto! "À noite, quando o silêncio se torna insuportável a solidão aproveita para me atacar", identifico-me muito com esta tua frase ;D

    ResponderEliminar

Faz-me sentir que és única(o) pela beleza, pureza e sinceridade das palavras que transmites. Escreve com o coração e deixa-o encaminhar as mãos às teclas certas.